Media  |
Fale  |

Desenhos
Desenhos criados nos anos 80

Nesta semana, vários desenhos criados nos anos 80 comemoram o anviersário da primeira exibição, Ducktales, Caverna do Dragão, Nossa Turma, entre outros, para homenagear, o Autobahn preparou uma festa super especial para este sábado, com os principais desenhos dos anos 80 no telão! Na pista os hits e b-sides dos anos 80 na melhor balada flashback de São Paulo!

Centenas de desenhos embalaram nossa infância nos anos 80, muitos criados nos anos 40, 50, 60 etc. Todos igualmente importantes na nossa infância, mas nesta matéria abordaremos especificamente os desenhos que foram criados nos anos 80, ao final há um link para as matérias sobre outros desenhos que também amamos, mas foram criados antes da década de 80!

Bom, feita essa necessária introdução. vamos a alguns desenhos criados nos anos 80:

Ser criança nos anos 80 era uma vivência mágica e única: diversos canais de TV tinham uma intensa programação voltada para o público infantil, e isso incluía programas de auditório, exibição de diversos seriados, programas educativos dos mais variados tipos. E desenhos. Muitos desenhos animados! Passamos muitas e muitas horas em frente a TV acompanhando avidamente as aventuras dos nossos personagens favoritos. E mesmo agora, depois de adultos, nos permitimos vez ou outra relembrar esses bons tempos. A verdade é simples: assistir desenho animado é bom demais! E no texto de hoje iremos relembrar com carinho de alguns desenhos criados na década de 80 e que até hoje seguem vivos no nosso coração e na nossa memória, com destaque para algumas produções sopram velinhas nesse mês de setembro. Vamos nessa?

Nossa Turma (The Get Along Gang)

Nosso primeiro aniversariante de setembro é uma fofíssima turma formada por seis animais adolescentes cujas aventuras desembarcaram no Brasil em 1987 no programa Mara Maravilha (do SBT) e foi exibido no país até 1994. Sua estréia oficial nos EUA foi em setembro de 1984 e esta animação retratava a turma de amigos liderados pelo alce Montgomery que estavam sempre as voltas com diversos acontecimentos que testavam a lealdade o respeito que um tinha pelo outro e também o respeito pelas coisas que os cercavam. Nossa Turma tinha um enfoque muito educativo, ensinando as crianças a respeitar os amigos, respeitar o meio ambiente e a ter espírito de equipe. A música de abertura era um capítulo a parte e com certeza ainda segue fresquinha na memória de muito adulto por aí.


Duck Tales: Os Caçadores de Aventuras

Essas incríveis aventuras estilo Indiana Jones do pato mais rico do mundo (vulgo Tio Patinhas) foram produzidas pelos estúdios Disney (óbvio!) e tiveram um total de 100 episódios, que estrearam nos EUA em 18 de setembro de 1987 e ficaram no ar até 1990. No Brasil, começou a ser exibido em 1988 pelo canal SBT e seguiu em exibição até 1997. O grande barato desse desenho era acompanhar Tio Patinhas desbravando lugares perdidos e civilizações antigas em busca de tesouros e relíquias de valor inestimável com o único objetivo de aumentar ainda mais a sua enorme fortuna. Ok, isso poderia não ser um bom exemplo para as crianças, mas e daí? Era emocionante, era divertido, era engraçado e a música de abertura era ótima. Isso basta! Nessas viagens, Patinhas estava sempre acompanhado dos sobrinhos do Pato Donald, os espertos trigêmeos Huguinho, Zezinho e Luizinho, seu fiel (e atrapalhado) piloto Capitão Boeing e diversos outros personagens. Claro que no caminho dessa galera também cruzavam alguns dos mais tradicionais vilões do universo de Patópolis: a bruxa Maga Patologika, os Irmãos Metralha e Pão Duro Mac Monei (o segundo pato mais rico do mundo), entre outros. Simplesmente um desenho incrível.


Caverna Do Dragão (Dungeons & Dragons)

Taí um desenho emblemático e que até os dias de hoje desperta muita curiosidade, afinal de contas, apesar de todo o sucesso alcançado na época em que foi ao ar, o episodio final nunca foi produzido, deixando uma eterna dúvida entre nós: o que REALMENTE aconteceu com os jovens Hank, Eric, Diana, Sheila e Bobby? Eles conseguiram voltar pra casa? Eles morreram? Que mundo era aquele onde eles estavam? Qual era a real função do Mestre dos Magos? E que raios era aquela unicórnio, a Uni? Especulações e mistérios a parte, nosso aniversariante do mês (estreou dia 17 de setembro de 1983) soube como conquistar as crianças oitentistas com suas tramas mágicas, heróis carismáticos e vilões poderosos. Caverna do Dragão foi produzido pelos estúdios Marvel e teve 27 episódios divididos em três temporadas, exibidas no exterior entre os anos de 1983 e 1985. Aqui no Brasil ele foi exibido dentro do Xou da Xuxa (Rede Globo) a partir de 1986, se tornando um dos maiores sucessos desse programa.

He-Man (He-Man & The Masters Of The Universe)

Em um lugar distante vivia o príncipe herdeiro do reino de Ethernia, e ele também tem uma missão extra: proteger o castelo de Grayskoll do cruel vilão Esqueleto. Nosso querido He-Man (que também responde pelo nome de Príncipe Adam) era o protagonista de um desenho que misturava magia e fantasia com referências ao período da idade media, com vilões realmente malvados, feiticeiras, seres de outras dimensões, sábios, criaturas mágicas com ares mitológicos, e um herói predestinado desde o nascimento a salvar o seu mundo. He-Man estreou nos EUA em 5 de setembro de 1983 e permaneceu no ar até 1985, com mais de 100 episódios produzidos. E claro que tanta magia assim tinha que render frutos. No caso, rendeu uma irmã gêmea, apenas a melhor heroína já criada nos desenhos dos anos 80 (na minha humilde opinião, claro!): She-Ra!


She-Ra (She-Ra: The Princess Of Power)

Esse mulherão chama-se Adora e antes de ser nossa heroína favorita ela era uma das lideres do exército de mutantes do tirano ditador Hordak, do reino de Etheria. O enredo desse desenho na minha opinião é um dos melhores já criados, por sua complexidade (é de fazer muito escritor de novela corar de inveja) e ao mesmo tempo, por ser algo para crianças, ser muito simples de se compreender. As aventuras da She-Ra estrearam na TV americana em 9 de setembro de 1985 e ficou no ar até dezembro de 1986. Aqui no Brasil, tanto He-Man quanto She-Ra entraram na programação do Xou da Xuxa em meados de 1986 e, devido ao grande sucesso, foram reprisados em diversos outros programas infantis da Rede Globo ao longo da década de 1990. O universo da She-Ra mantém muitas semelhanças com o do irmão, e com frequência um aparece no desenho do outro. Também aqui existe um vilão muito malvado, bruxos e seres mágicos fascinantes que povoaram nossa imaginação e nos renderam horas e horas de muitas brincadeiras.


As Tartarugas Ninja (Teenage Mutant Ninja Turtles)

Esse desenho é uma grande prova de que nada precisa fazer sentido para ser legal. Vejamos: 4 tartarugas mutantes com nomes de pintores italianos da renascença, criados e educados por um rato mutante ancião mestre das artes marciais, combatem o crime e encaram de frente o seu mais feroz inimigo. um alienígena pastoso que comanda o corpo de um guerreiro samurai. Peraí que tem mais: nossos bravos heróis adoram pizza e são muito amigos da curiosa (e humana) repórter de TV April O’Neil. Ufa! Nos Estados Unidos, as aventuras de Michelangelo, Leonardo, Raphael e Donatello estrearam em dezembro de 1987 e permaneceram no ar até 1996, com quase 200 episódios exibidos. Aqui no Brasil, esse estranho e sensacional desenho estreou nos anos 90, exibido pela Rede Globo dentro da TV Colosso. Para quem tiver a curiosidade, recomendo que procurem pelos quadrinhos que inspiraram essa produção. Lançados nos EUA em 1984 e com uma abordagem adulta e até bem violenta, completamente diferente do que é apresentado no desenho. Santa tartaruga!


Eu escrevi lá no início deste texto, mas terei que repetir: ser criança nos anos 80 era uma experiência mágica e única. Só quem viveu isso consegue entender. E uma boa (grande) parte dessa mágica está aqui, nestes desenhos animados. Agora aproveite, neste sábado o Autobahn faz um especial dos desenhos dos anos 80 nos telões da festa. Uma verdadeira viagem de volta aos anos 80. Nos vemos lá. Sua criança interior agradecerá muito. :)

Ana Paula Santos